PSEUDOFOLICULITE DA BARBA: A INFLAMAÇÃO CARACTERÍSTICA DO BARBEAR - Ada Tina
X

Assine nossa Newsletter

PSEUDOFOLICULITE DA BARBA: A INFLAMAÇÃO CARACTERÍSTICA DO BARBEAR

Para muitos homens, o ato de se barbear exige muita atenção. As características específicas dos pelos no rosto masculino tornam este processo mais difícil do que parece: muitas vezes, a pressão das raspagens e a falta de cuidados hidratantes causa irritação na pele e o encravamento dos pelos.

A pseudofoliculite da barba é, portanto, uma inflamação na pele muito comum, resultado da direção de crescimento do pelo após o corte com a lâmina de barbear e que aparece especialmente quando o homem exerce uma maior pressão da lâmina sobre a pele.

Sua lesão é dolorosa e tem presença de pus, podendo também levar ao aparecimento de manchas escuras no local das lesões ou até mesmo cicatrizes e queloides. Muitas queixas são, principalmente, relacionadas ao barbear na área do pescoço, aonde há maior sensação de ardor e irritação após o processo. O procedimento pode causar vermelhidão na pele, cortes, ressecamentos e prurido.

No entanto, vale ressaltar que a pseudofoliculite da barba não é agravada pelo barbear diário, e sim pelo modo com que este barbear é realizado, e ainda pode ser reduzida com os cuidados corretos pré e pós-barba, envolvendo sempre a correta hidratação da pele.

Cuidados durante o verão para quem faz a barba

Apesar do calor excessivo não influenciar na pseudofoliculite da barba, os machucados causados pelos maus hábitos durante o barbear devem ter maior atenção durante esta época ensolarada.

A radiação ultravioleta, maior nos meses do verão, pode causar manchas na pele inflamada. Por isso, é importante que o homem, ao se barbear, utilize produtos adequados e que formem um filme sobre a pele, evitando o contato direto da lâmina com a pele. Atenção também à pressão aplicada na lâmina de barbear: ao forçar a lâmina, o pelo pode ser cortado abaixo dos níveis da pele e assim, quando nascer novamente, tende a encravar com facilidade.

A esfoliação diária também é uma boa opção, desde que feita com esfoliantes suaves. Dessa maneira, um bom esfoliante ajuda a desencravar os pelos e também reduz a quantidade de queratina que os recobre a pele evitando que novos pelos encravem.

Artigos Relacionados